Carta de Conjuntura de dezembro nesta terça-feira, 16/12 – 10h

Promovendo discussões sempre relevantes no contexto socioeconômico regional e nacional, esta edição da Carta evidencia em sua matéria de capa, assinada pelo Economista  Rodrigo Feix e pelo bolsista Eduardo De Gasperi, que a política argentina de internalização da produção de máquinas agrícolas traz desafios ao setor no Rio Grande do Sul, tendo em vista a redução das exportações ao país vizinho e o aumento da concorrência nos mercados sul-americanos e africanos.

Na contracapa, o Economista Róber Iturriet Avila traz um um artigo que trata das alteração na repartição da renda e também dos dados de distribuição da riqueza. Esses últimos eram desconhecidos até então e têm como base as declarações de imposto de renda à Receita Federal do Brasil em 2012. Foi efetuado um exercício estimando o patrimônio dos não declarantes de modo a obter uma referência da repartição da riqueza para toda a população. Com base nesses quatro cenários levantados, os 0,9% mais ricos do país detêm entre 59,90% e 68,49% da riqueza dos brasileiros.

E mais…

A nova equipe econômica, a gestão fiscal e as políticas de combate à inflação

Autor: Economista Carlos Águedo Paiva

Tema: mantidas as políticas social e salarial, a âncora fiscal proposta pela nova equipe econômica só será eficaz se elevar a taxa de desemprego.

 

Emprego formal do país perde força e fecha outubro com pequena retração

Autora: Socióloga Maria Isabel H. da Jornada

Tema: a expansão do contingente dos trabalhadores por conta própria já pode estar respondendo a um movimento de contenção do dinamismo do mercado formal.

 

Os investimentos nos estádios para a Copa do Mundo 2014

Autor: Sociólogo Ricardo César Gadelha de Oliveira Júnior

Tema: os dados do Portal da Transparência mostram que o Estado brasileiro foi o principal responsável pelo aporte de recursos nas obras da Copa.

 

O Fundoprev e a insuficiência na constituição de suas reservas

Autor: Economista Thiago Felker Andreis

Tema: os números do Fundoprev mostram que ainda não foram formadas reservas suficientes para o cumprimento das obrigações futuras do novo modelo de previdência estadual.

 

Multiplicadores de impacto da Matriz de Insumo-Produto do RS – 2008

Autor: Economista Rodrigo de Sá

Tema: os setores de atividade da economia gaúcha que, de acordo com a MIP-RS, possuem maior impacto na produção, no Valor Adicionado e no emprego.

 

 Índice de Desenvolvimento Humano na RMPA – 2000-10

Autoras: Economista Cristina Martins e Estatística Gisele Ferreira

Tema: análise da realidade socioeconômica intra-metropolitana, com base na divisão da RMPA em Unidades de Desenvolvimento Humano (UDHs).

Textos completos

Versões anteriores da Carta de Conjuntura

Texto: Núcleo de Imprensa - FEE