Carta de Conjuntura de novembro

A Carta de Conjuntura de novembro foi lançada em coletiva para a imprensa hoje,  13/11,na sala de Eventos da FEE.

Na matéria de capa (As condições externas justificam um ajuste recessivo?), o Economista Fernando Maccari  Lara discute as restrições ao crescimento da economia brasileira impostas pela crise internacional e pela condução da política econômica interna, mas aponta que, até o momento, o cenário externo não justifica um ajuste recessivo. 

Íntegra da análise aqui

Já o Geógrafo e Pesquisador da FEE, Iván Peyré Tartaruga, traz um questionamento regional em torno da questão Onde está o potencial de inovação do Rio Grande do Sul? Ao longo da matéria, derivada da sua tese de doutorado, o autor estabelece, para o Rio Grande do Sul, a distribuição por regiões da capacidade de inovar a partir de quatro aspectos: (a) pessoal envolvido em pesquisa e desenvolvimento (P&D) (pesquisadores e técnicos); (b) empresas de P&D; (c) empresas de serviços avançados (publicidade, laboratórios, tecnologia da informação (TI), etc.); e (d) estrutura produtiva com potencial inovador.

Ivan Tartaruga

Resultados da pesquisa e íntegra da matéria aqui.

 

Texto: Núcleo de Imprensa - FEE