Divulgação da Carta de Conjuntura FEE é nesta terça, dia 24

A Carta de Conjuntura de março será divulgada amanhã, dia 24. São destaques do mês a discussão sobre se o Rio Grande do Sul corre o risco de uma crise hídrica a partir de um desequilíbrio entre oferta e demanda e da piora na qualidade da água, e a análise dos motivos pelos quais as exportações gaúchas de couro superaram as de calçados, segmento no qual o Rio Grande do Sul era especialmente forte e que enfrenta um declínio acentuado. Os autores dos estudos, respectivamente, a Geógrafa Mariana Lisboa Pessoa e o mestre em Economia Tomás Amaral Torezani, farão a apresentação dos dados para a imprensa.

A Carta de Conjuntura de março também analisa:

– o mercado de trabalho na RMPA a partir de dados consolidados de 2004-2014;

– a relação custo/ benefício de andar de carro ou de ônibus, considerando a evolução das tarifas do transporte urbano;

– as razões pelas quais a RMPA está na contramão da política nacional de coleta e tratamento de resíduos sólidos urbanos;

– a desigualdade patrimonial entre os candidatos municipais de 2012;

-dados do índice de Desenvolvimento Socioeconômico que comprovam bons resultados das políticas públicas na educação infantil;

– os fatores que evidenciam que a crise econômica da Grécia, mais do que um problema nacional, acarreta desdobramentos internacionais.

Coletiva para a imprensa será amanhã, 10h, na sala de eventos FEE – Rua Duque de caxias, 1691.

carta de conjuntura fev 2015

Texto: Núcleo de Imprensa - FEE