Exportações fecham 2014 com queda

A Fundação de Economia e Estatística (FEE) divulgou nesta quinta-feira (22) os dados das exportações do Rio Grande do Sul referentes ao período de janeiro a dezembro de 2014. O Estado manteve a quarta posição nas exportações nacionais, com uma participação de 8,31%.  Nas três primeiras posições aparecem São Paulo (22,86%), Minas Gerais (13,03%) e Rio de Janeiro (10,05%).

No consolidado do ano, as exportações gaúchas acumularam US$ 18,7 bilhões, o que representa uma queda de US$ 6,4 bilhões em relação a 2013 (-25,5%). O volume exportado também registra redução (-24,0%). Segundo o economista da FEE Guilherme Risco o principal motivo para a queda é a ausência de três plataformas de petróleo, produto atípico, mas que gerou uma elevação dos indicadores de 2013 e que não teve participação em 2014. Entre outros segmentos nos quais houve redução das  exportações destacam-se veículos e máquinas agrícolas (especialmente para Argentina) químicos e fumo (Estados Unidos).

Como destaques positivos, observam-se  acréscimos de US$ 106,1 milhões nas exportações de couros e calçados (10,4% em valor, 3,8% em volume e 6,4% em preços) e de US$ 96,2 milhões nas de derivados de petróleo (27,1% em valor, 29,8% em volume e -2,1% em preços). Outro destaque é a retomada do comércio de carne para a Rússia que, em apenas três meses de 2014, se tornou um índice relevante nas exportações gaúchas.

Com relação aos principais destinos das exportações do Rio Grande do Sul no acumulado do ano, as exportações de US$ 4,5 bilhões para a China representam 23,83% do total exportado pelo Estado no ano. Os principais decréscimos foram Holanda (-79,0%, plataforma de petróleo), Panamá (-99,0%, plataforma de petróleo), Argentina (-29,1%) e Estados Unidos (-38,5%).

Especificamente no resultado mensal de dezembro de 2014, as exportações alcançaram o valor de US$ 1,3 bilhão, que representa um aumento de US$ 186,0 milhões em relação ao mesmo mês de 2013. Houve acréscimo nas exportações da agropecuária (US$ 93,9 milhões) e da indústria de transformação (US$ 92,5 milhões). Na agropecuária, destaca-se o aumento de US$ 66,1 milhões nas exportações de trigo.

Íntegra da apresentação disponível em http://pt.slideshare.net/feers

Íntegra do texto e das tabelas em https://www.fee.rs.gov.br/indicadores/indice-das-exportacoes/destaque-do-mes/

Fotos disponíveis em https://www.flickr.com/photos/fee-rs/