FEE e Faccat promovem seminário sobre integração das bovinoculturas de carne e leite

Nos dias 17 e 18 de agosto, a Fundação de Economia e Estatística e a Faccat (Faculdades Integradas de Taquara) promovem  o I Seminário Inovação e Integração das Bovinoculturas de Carne e Leite: Perspectivas de Desenvolvimento para a Agroindústria Gaúcha de Proteína Animal. O objetivo do evento é apresentar o sistema neozelandês de integração entre as bovinoculturas de carne e leite, avaliar sua replicabilidade no Brasil e suas consequências para a alavancagem da renda nas duas pecuárias, bem como do potencial de contribuição de tal projeto para o enfrentamento da estagnação relativa às regiões Sudoeste e Noroeste do Rio Grande do Sul.

Para o pesquisador da FEE Carlos Paiva, um dos idealizadores do evento, o Brasil já é uma referência mundial na produção de proteína animal, mas o país ainda está fundamentalmente vinculado ao mercado de carne (aves, suína e bovina) e poderia aumentar sua inserção no mercado de leite. “O mercado de leite ainda é dominado pela Nova Zelândia, que estipula o preço internacional do produto e mantém uma competitividade extremamente elevada pelo padrão peculiar de gestão de duas bovinoculturas que lá são tratadas em conjunto: a de leite e a de corte. Esse processo inovativo de integração teria condições de ser replicado no RS e no Brasil em geral”, sugere Paiva.

O seminário acontece no Centro de Eventos da Faccat (Avenida Oscar Martins Rangel, 4500, Taquara/RS). As inscrições são gratuitas e podem ser realizadas no site da Faccat. Confira a programação aqui e, para mais informações, entre em contato através do e-mail mestradodr@faccat.br ou através do telefone (51) 3541-6606.

Gisele Reginato – Jornalista

Texto: Núcleo de Imprensa - FEE