FEE lança a publicação RS em números 2015

Na semana de comemoração dos seus 42 anos, a FEE lança a terceira edição do RS em Números, com os os indicadores-chave mais atualizados sobre a realidade socioeconômica do Estado. Mas o diferencial da publicação, para além dos dados econômicos e sociais, é  o belo resgate de obras de artistas importantes para o Estado. Já estamparam as páginas do RS em  números os artistas Iberê Camargo  e Glauco Rodrigues. Em 2015, o artista escolhido foi Pedro Weingärtner.

Capa2015

Nascido no Rio Grande do Sul, em 1853, numa família de desenhistas e litógrafos de origem germânica, Pedro Weingärtner buscou sua formação artística na Europa. É considerado o primeiro grande artista plástico gaúcho e suas obras estão dentre as mais importantes do acervo do Museu de Arte do Rio Grande do Sul. Quatro de suas principais pinturas estampam as páginas da publicação, com projeto gráfico da designer da FEE Gabriela Santos.  O material é bilingue, com versão para o inglês feita pelos tradutores da FEE Elen Azambuja e Mateus Pereira.

Os dados apresentados na publicação são produzidos  pelo Centro de Informações Estatísticas (CIE), sob supervisão do economista Juarez Meneghetti. Os dados econômicos são: contas regionais, regiões funcionais de planejamento, indústria, agropecuária, comércio exterior e emprego. Já nos dados sociais,  são destaque População, Idese, Saúde e Educação.

O presidente da FEE, Igor Morais destacou que o RS em Números é um importante meio de divulgação das informações estatísticas, indicadores e pesquisas socioeconômicas, mas também traz uma característica especial: “nos unimos à cultura, à arte, em parceria com o Museu de Arte do Rio Grande do Sul e ao museu Histórico Visconde de São Leopoldo, nos aproximando ainda mais da sociedade. A missão da FEE só será cumprida se o conhecimento que produz for compreendido e compartilhado”, ressalta.

Sandra Bitencourt- Jornalista

Texto: Núcleo de Imprensa - FEE