FEE recebe turmas da UFRGS para palestra sobre produtos e indicadores da Fundação

A Fundação de Economia e Estatística recebeu nesta quarta-feira (25) alunos de graduação da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS) para uma palestra informal sobre os indicadores e os produtos pesquisados na FEE. Provenientes dos cursos de Agronomia, Veterinária e Zootecnia, alunos da disciplina Ecologia Agrária e Político-econômica, da Prof. Rumi Kubo, bem como das Ciências Sociais, com a prof. Daniela Dias Kuln, conversaram com diferentes pesquisadores da FEE, no auditório da Instituição.

Os economistas Bruno Breyer Caldas, Thomas Hyeono Kang e Jéfferson Colombo  e os estatísticos Pedro Tonon Zuanazzi e Renan Xavier Cortes apresentaram alguns dos indicadores e estudos da FEE, bem como periódicos editados, parcerias, canais de comunicação, entre outras especificidades da FEE. O portal da Fundação de Economia e Estatísticas teve mais de 2 milhões de acessos em 2016.

                             Fonte: Assessoria Técnica -FEE (2016)

Indicadores importantes para a gestão do Estado – como dados populacionais e referentes à criminalidade – foram apresentados pelos pesquisadores através do visualiza FEE. O VisualizaFEE é um portal com aplicativos de visualização de dados sobre o Rio Grande do Sul desenvolvido pela Fundação de Economia e Estatística. São ferramentas que permitem visualizar de forma interativa, dinâmica e intuitiva dados sobre a sociedade gaúcha, disponíveis para uso de gestores públicos, instituições de pesquisa, organizações e sociedade em geral. As visualizações incorporam séries temporais, mapas, tabelas, entre outras formas de organização de dados.

O mais recente produto disponibilizado pela FEE – o Monitor da Economia Gaúcha (MEG) – também integrou a apresentação para os alunos. O MEG é uma ferramenta que consolida e sistematiza indicadores conjunturais relevantes sobre a economia do RS. Os indicadores se originam de múltiplas fontes de dados e abarcam diversas dimensões da economia no Estado, tais como Nível de Atividade, Mercado de Trabalho, Indicadores de Confiança, Crédito e Inadimplência e Índices de Preços, possibilitando um monitoramento continuado da economia do RS. Como todas as ferramentas e pesquisas da FEE, o MEG é gratuito e de livre acesso para toda a sociedade.

 

Anelise Rublescki – Jornalista FEE

Texto: Núcleo de Imprensa - FEE