FEE teve mais de 2 milhões de acessos ao portal em 2016

Em 2016, o portal da Fundação de Economia e Estatística (FEE) teve mais de 2 milhões de acessos. O dado consta no relatório das atividades desenvolvidas pela instituição em 2016, ano em que a FEE completou 43 anos de serviços prestados à sociedade gaúcha. O portal abriga 15 sites: Site FEE, Biblioteca FEE, Biblioteca Virtual do RS, Biblioteca da FEE, Sistema de Exportações, Transparência FEE, FEEDADOS, Dados abertos, Mapas FEE, Carta de Conjuntura, Panorama Internacional FEE, Revistas, PED-RMPA, CrimeVis, PopVis. Se analisarmos somente os dados do site www.fee.rs.gov.br, em 2016 foram alcançados 150 mil usuários, de 113 países.

No ano passado, a FEE divulgou 60 publicações, entre livros, periódicos, boletins e informes. Foram realizados 105 eventos, como coletivas de imprensa e seminários, 20 projetos, mais de 40 assessorias, e 700 atendimentos ao público feitos pela biblioteca da FEE. A FEE também foi fonte para a imprensa 4.323 vezes, ou seja, a cada 2 horas no último ano uma informação da FEE foi divulgada na mídia. Todos esses números consolidam a FEE como a maior fonte de dados estatísticos sobre o Rio Grande do Sul, com todas as suas informações disponíveis para consulta gratuita para diversos setores da sociedade.

“A FEE tem um importante acervo de informações socioeconômicas e conta com uma equipe multidisciplinar para gerar conhecimento em temas de desenvolvimento econômico, social e institucional”, ressalta o Diretor Técnico da instituição, Martinho Lazzari. Dos 156 servidores, 72% possuem pós-graduação. “A FEE é fonte de consulta permanente para qualificar a análise conjuntural e histórica, a tomada de decisões e o planejamento governamental nas diferentes esferas da administração pública”, acrescenta.

Para cumprir com sua missão de produzir análises e estatísticas públicas que subsidiem a tomada de decisões nas diversas esferas da administração dos municípios e do Governo gaúcho, a FEE preserva e produz indicadores regulares, publicações periódicas e serviços permanentes sobre o RS. Em 2016, foram 50 divulgações dos indicadores socioeconômicos que a FEE produz: Produto Interno Bruto (PIB) Estadual, Produto Interno Bruto (PIB) Municipal, Produto Interno Bruto (PIB) Trimestral, Estimativas populacionais do RS e dos municípios, Índice de Desenvolvimento Socioeconômico (Idese), Pesquisa de Emprego e Desemprego (PED), Índice das Exportações, Indicadores Econômicos do Agronegócio, RS em Números, Perfil Socioeconômico do Estado, dos Coredes e dos Municípios do RS. Também foram lançados dois indicadores (Economia do Turismo no RS e Índice de Rentabilidade das Exportações Gaúchas), publicações e periódicos (Carta de Conjuntura FEE, Informe PED-RMPA, Indicadores Econômicos FEE, Ensaios FEE, FEE Setorial, Panorama Internacional FEE, Textos para Discussão FEE, Relatórios, Livros e Brochuras).

Além dos serviços já prestados à população (FEEDados, Sistema de Exportações, Aplicativo Perfil RS, Perfil socioeconômico, Biblioteca Virtual do RS, Biblioteca da FEE, Compara RS, Atualização de valores e índice de preços), a FEE lançou em 2016 outros dois aplicativos que auxiliam os gestores e a sociedade: CrimeVis e PopVis. O CrimeVis disponibiliza informações estatísticas sobre criminalidade nos municípios gaúchos, a partir de dados anuais disponibilizados pela Secretaria de Segurança Pública do Estado. O PopVis traz dados sobre a demografia do Estado e dos municípios gaúchos, gerados a partir das estimativas populacionais calculadas pelo Núcleo de Demografia e Previdência da FEE e de projeções do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Confira todas as atividades realizadas no relatório na íntegra, que está disponível aqui.

Gisele Reginato – Jornalista

Texto: Núcleo de Imprensa - FEE