PIB municipal gaúcho de 2015 mostra crise mais forte para os municípios industriais

Indústria e serviços são as atividades mais importantes para os municípios com maior PIB no Estado. Além disso, os municípios industriais foram os mais afetados em período de crise. Os dados do Produto Interno Bruto (PIB) dos municípios para 2015 foram divulgados pela Fundação de Economia e Estatística (FEE) nesta quinta-feira (14). O município com maior PIB no RS foi Porto Alegre (R$ 68,1 bilhões), seguido por Caxias do Sul, Canoas, Gravataí, Novo Hamburgo, Passo Fundo, Santa Cruz do Sul, Triunfo, Pelotas e Rio Grande.

Os economistas da FEE Guilherme Risco e Roberto Rocha (Coordenador do Núcleo de Contas Regionais) analisam os dados do PIB municipal

Os 10 maiores municípios representaram 42,0% do PIB total do RS. Esses municípios possuem, em geral, maior participação da indústria e dos serviços no Valor Adicionado Bruto (VAB) e menor participação da agropecuária. O setor serviços destaca-se como atividade mais importante nesses municípios, sendo responsável pela maior parte do valor gerado. Também se destaca que são municípios bastante populosos, com população superior a 100 mil habitantes.

O maior VAB da agropecuária no Estado foi gerado no município de Cachoeira do Sul (1,4% do VAB da agropecuária gaúcha), onde as produções de soja e arroz são as principais atividades. Destaque também para Uruguaiana (1,4%), Tupanciretã (1,3%), Dom Pedrito (1,3%) e Alegrete (também 1,3% do VAB da agropecuária gaúcha). Já no ranking dos municípios com maior VAB industrial do Estado, Caxias do Sul perdeu o primeiro lugar para Porto Alegre. Isso porque, segundo o economista da FEE Guilherme Risco, “a crise ocorrida em 2015 afetou muito o setor metal-mecânico e o setor automotivo, presentes no município da Serra”.

Em movimento oposto, Canoas e Triunfo melhoraram suas posições no ranking. “Com a recuperação do preço dos combustíveis e tendo uma refinaria no município, Canoas recuperou uma posição. No caso de Triunfo, que volta a estar em os 10 maiores PIBs do Estado, houve crescimento no Valor Agregado do polo petroquímico, puxado pelas melhora dos preços do setor”, pondera Risco.

O município de Porto Alegre apresentou, em 2015, o maior VAB de serviços do Estado (22,9% do setor), seguido por Caxias do Sul (5,18%), Canoas (3,84%), Passo Fundo (2,53%) e Pelotas (2,51). Os dados também demonstram que quatro municípios gaúchos estão entre os 100 maiores PIBs do Brasil: Porto Alegre (6.°), Caxias do Sul (40.°), Canoas (50.°) e Gravataí (92.°).

Confira a análise na íntegra e as fotos da divulgação.

Texto: Núcleo de Imprensa - FEE