Scit e FEE lançam mapeamento das atividades de Ciência, Tecnologia e Inovação no Estado

A Secretaria da Ciência, Inovação e Desenvolvimento Tecnológico (Scit) e a Fundação de Economia e Estatística do Rio Grande do Sul (FEE) lançam, nesta terça-feira (16), a publicação Ciência, Tecnologia e Inovação no Rio Grande do Sul: Indicadores Selecionados 2014. O evento ocorre às 14h, no auditório da FEE (Rua Duque de Caxias, 1691).

O estudo apresenta um conjunto de indicadores de Ciência, Tecnologia e Inovação (CT&I) para o Rio Grande do Sul. O objetivo é que esses indicadores sejam representativos dos esforços de instituições de ensino e de pesquisa, empresas e Governo na realização de suas atividades relacionadas com a geração, a difusão e a utilização de conhecimentos científicos e tecnológicos.

Segundo o titular da Scit, Cleber Prodanov, os investimentos feitos em CT&I são recursos que sustentam o desenvolvimento de um país, de uma determinada região, e a produção de ciência e tecnologia possibilita a competitividade e a igualdade, a acumulação e a geração de riquezas. “E, para que o Rio Grande do Sul tenha um diferencial na área, deve investir na construção e na publicação de estatísticas e indicadores que sirvam de base para avaliar os investimentos realizados. Este é o papel desta publicação: instituir um sistema de indicadores de fácil acesso à sociedade, que seja útil para o planejamento, acompanhamento e avaliação das atividades de CT&I no Estado”.

Para o Presidente da Fundação de Economia e Estatística, Adalmir Antonio Marquetti, “Este trabalho sistematiza as estatísticas disponíveis sobre o tema, de modo a permitir a comparação entre os estados mais industrializados do Brasil”. Nesse sentido, a publicação “Oferece à sociedade gaúcha informações capazes de facilitar as decisões de investimento, bem como propicia elementos para a formulação da política pública no Estado do Rio Grande do Sul, no que tange à CT&I”.

A publicação será disponibilizada em formato impresso e também digital, para consulta no site da FEE e da Scit.

Texto: Núcleo de Imprensa - FEE