Desempenho do mercado de trabalho na RMPA em 2001

Segundo as informações da Pesquisa de Emprego e Desemprego na Região Metropolitana de Porto Alegre, pelo segundo ano consecutivo, o mercado de trabalho metropolitano apresentou desempenho favorável em 2001, com crescimento da ocupação e redução da taxa de desemprego. Tais fatores positivos foram relativizados pela redução do rendimento médio dos ocupados.
O acréscimo no contingente de ocupados (44 mil pessoas) foi sensivelmente superior ao observado na População Economicamente Ativa (17 mil pessoas), proporcionando uma redução do número de desempregados, que passou de 279 mil pessoas em 2000 para 252 mil em 2001. A taxa média de desemprego total na RMPA caiu de 16,6% da PEA em 2000 para 14,9% em 2001. Essa retração foi observada tanto no desemprego aberto quanto no desemprego oculto.
O número médio de ocupados em 2001 foi 3,1% superior ao observado no ano anterior, tendo alcançado um contingente de 1.440 mil pessoas. O incremento da ocupação foi praticamente generalizado entre os setores de atividade econômica: 4,5% no comércio, 4,0% na construção civil, 4,0% na indústria de transformação e 3,4% nos serviços. Apenas nos serviços domésticos registrou-se redução no nível de ocupação (-1,0%). Cumpre salientar que o crescimento da ocupação se deveu, fundamentalmente, à expansão do emprego assalariado, com destaque para o assalariamento no setor privado sem registro na carteira de trabalho.
O rendimento médio real do total de ocupados referente ao período de janeiro a novembro de 2001 teve uma retração de 3,3%, passando a R$ 710,00, o menor valor desde 1996. O salário médio real, por sua vez, apresentou uma redução mais moderada (-1,2%), tendo assumido o valor de R$ 718,00.

Download do texto completo