Emprego doméstico na Região Metropolitana de Porto Alegre, em 2015

Em 2015, o desempenho negativo do mercado de trabalho, diante da intensa retração do nível de atividade econômica, resultou em queda no nível de ocupação e do rendimento médio, além da elevação da taxa de desemprego na Região Metropolitana de Porto Alegre (RMPA). Diante desse cenário, verificou-se aumento no número de empregadas domésticas, na RMPA, interrompendo a tendência de declínio observada desde o ano de 2008. O rendimento médio real por hora apresentou redução para as mensalistas com carteira de trabalho assinada e ficou estável para as diaristas.

Download do texto completo