Contas regionais, produto interno bruto do Rio Grande do Sul – 1970 – 85; metodologia e tabelas estatísticas. Agregados Econômicos RS (1987)

A Direção da Fundação de Economia e Estatística, órgão vinculado a Secretaria de Coordenação e Planejamento do Governo do Estado do Rio Grande do Sul, orgulha-se em apresentar este trabalho sobre as Contas Regionais. A presente publicação constitui-se na consolidação de um conjunto de estudos e pesquisas realizados nos anos recentes visando à concretização das etapas básicas da montagem de um Sistema de Contas Regionais.

A equipe técnica do Núcleo de Contabilidade Social da FEE (anteriormente denominado Unidade de Agregados Econômicos) enfrentou inúmeras dificuldades para a realização deste trabalho. Entretanto, o importante a realçar é que as estimativas, que vêm sendo divulgadas pela FEE desde 1979, são agora consolidadas em um volume que inclui todos os avanços técnicos até aqui alcançados na elaboração da Conta de Produção da economia regional. Entenda-se aqui por avanços não só a tentativa de aproximação aos esquemas conceituais do Sistema de Contas Nacionais preconizados pela ONU, mas, sobretudo, os aspectos inovadores em relação às metodologias normalmente usadas nas Contas Nacionais e Regionais brasileiras. Neste particular, os trabalhos da FEE encontram-se entre os pioneiros. A realização deste trabalho ocorre em momento oportuno, isso porque a presente publicação, Agregados Econômicos RS, parece
concomitantemente com a realização, em Porto Alegre— sob responsabilidade da FEE e do IBGE —, do 3º Seminário Nacional de Avaliação das Contas Regionais, seminário este que busca institucionalizar o processo de integração técnica e de homogeneização dos métodos de cálculo das Contas Nacionais e
Regionais brasileiras.

Download do texto completo